Notícias
Últimas
Da Hipermeios
Arte e Cultura
Entrevistas
Mundo profissional
Saúde e bem-estar
Universidade
Vida sustentável
Colunas
 
Destaques
Festivais: arte pulsante por todo o Brasil
O Brasil é hoje um caldeirão pulsante de arte e cultura, com um número crescente de festivais se espalhando pelo interior. Longe do circuito tradicional das grandes capitais, acostumadas a receber megaeventos, cidades do interior têm abrigado iniciativas de pequeno e médio porte, viabilizadas por redes de apoio e pessoas interessadas em produzir e incentivar a cultura. [+]
 
Pedro Markun: 'A política não precisa ser uma coisa que a gente detesta'
Ele é um dos idealizadores do movimento Transparência Hacker, que reúne jovens de várias profissões com a proposta de juntar comunicação e tecnologia em favor dos interesses da sociedade. Por exemplo, ajudando a tornar mais transparentes as informações sobre as ações de governantes e parlamentares. [+]
 
 
Busca

 
Tags
alimentação artes plásticas autoconhecimento carreira cinema consumo consciente cultura economia da cultura educação empreendedorismo estágio estresse história internet literatura meio ambiente música poesia pós-graduação psicologia

 
 
sábado, 18 de novembro de 2017 Quem somos
Serviços
Portfólio
Clientes
Contato
Página Inicial > Notícias > Universidade
 
Jovens se organizam para estimular empreendedorismo
 
Presidente da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), entidade que congrega organizações municipais e estaduais de empreendedores de 18 a 35 anos, diz que as universidades precisam quebrar paradigmas e tratar o empreendedorismo como opção d
 
17 de junho de 2007
por Cristiane Moraes
 

Ser empreendedor é uma idéia bastante nova, principalmente no Brasil, e ainda pouquíssimo abordada dentro das universidades públicas e privadas, geralmente orientadas para formar futuros profissionais assalariados.

Mas muitos jovens já estão entendendo que desenvolver o próprio espírito empreendedor pode ser uma alternativa mais interessante à busca, cada vez mais difícil, por vagas de emprego com carteira assinada. O assunto ganhou tanta importância que foi formada uma Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje).

Seu presidente, Doreni Caramori Júnior, diz que a principal causa da não-difusão do empreendedorismo ainda é cultural.

“As religiões e culturas de algumas etnias contribuem muito para a falta de cultura empreendedora. Somos preparados para trabalhar para os outros e não ter lucros”, explica ele.

Na opinião de Caramori Júnior, os jovens já entendem um pouco mais sobre o que é empreendedorismo, mas a maioria ainda precisa despertar a visão sobre o assunto e perceber que ter o próprio negócio pode ser uma alternativa de carreira. Outra dificuldade que se tem em difundir a idéia é a falta de preparo.

Mesmo hoje, segundo ele, os cursos de formação continuam sem disciplinas sobre empreendedorismo e o assunto ainda não é tratado com a seriedade necessária.

“As faculdades não ensinam a ser empreendedor. Eu mesmo aprendi no curso de administração a ser gestor do dinheiro dos outros, mas não a multiplicar o meu”, enfatiza.

“As universidades precisam quebrar paradigmas, abordar novas idéias e mudar o conceito, que está ultrapassado. Falta atualização. Hoje o empreendedorismo pode ser e é uma opção de carreira”, completa.

Primeiro negócio

Além da falta de cultura e de formação, os jovens empreendedores sofrem com o pouco estímulo do governo e da sociedade, de uma forma geral. “As taxas de juros, a carga tributária, a burocracia não propiciam o empreendedorismo e são grandes dificultadores do processo”, explica o presidente da Conaje.

Para ajudar a enfrentar essas barreiras foi criada a entidade, que representa hoje dez mil jovens empresários, liderando um movimento que vem ganhando força e representatividade em todo o país. A idade dos participantes está na faixa de 18 a 35 anos, e os universitários representam cerca de 25%.

O movimento surgiu quando grupos de jovens passaram a ter consciência de que o mercado de trabalho não comportava mais a tradicional relação empregador/empregado, sendo necessário partir em busca do primeiro negócio como alternativa ao primeiro emprego.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), temos hoje no Brasil 61 milhões de jovens entre 15 e 34 anos; destes, cerca de 22 milhões estão sem uma colocação profissional.

Intercâmbio de jovens empresários

A Conaje tem origem nos grupos empresariais de jovens paulistas, gaúchos e mineiros, que se reuniram a partir de 1992 com o intuito de formar lideranças e discutir questões voltadas à construção de uma nova ordem social.

A idéia era formar um grupo de intercâmbio nacional entre os movimentos de jovens empresários estaduais. A partir de 1998, eles se configuraram como Confederação Nacional dos Jovens Empresários.

Hoje, a entidade é responsável por estimular o empreendedorismo entre os jovens brasileiros através de três motes principais: orientação e capacitação profissional, representatividade e troca de experiências por meio de uma complexa rede de relacionamentos.

“Trabalhamos a expansão e a preparação, criamos ambientes propícios para negócios e buscamos políticas públicas que desenvolvam o empreendedorismo”, destaca Caramori Júnior.

Entre os objetivos principais da Confederação está o estabelecimento de políticas e práticas institucionais que incluam os empreendedores de pequeno porte nas estratégias de desenvolvimento do Brasil. Para tanto, a Conaje participa de órgãos como o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social e o Conselho Nacional da Juventude, do governo federal.

“Necessitamos lutar contra as dificuldades estruturais que atrapalham a continuidade das empresas brasileiras, como a legislação trabalhista, a alta tributação e a dificuldade de acesso ao crédito, mas também lutar pela implantação de uma educação empreendedora para a nossa juventude”, afirma.

Ações e atividades

A Confederação também participa da Frente Empresarial pela Lei das Micro e Pequenas Empresas. Para o seu presidente, existem jovens que têm idéias fabulosas e desistem por falta de incentivos e financiamentos.

“Nós priorizamos o pensamento do primeiro negócio e não o do primeiro emprego, o incentivo e a formação de empreendedores em potencial para que eles sejam geradores de renda e de oportunidades de trabalho”, afirma.

A estrutura do movimento de jovens empresários brasileiros começa nas Associações de Jovens Empreendedores (AJEs) municipais, congregadas pelos grupos de jovens empresários estaduais.

Hoje cerca de 25 estados do Brasil possuem núcleos ligados à Conaje, que planeja um processo de expansão para todos os estados do país.

Esta expansão tem o apoio de um grande projeto assinado com o Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). Trata-se do Projeto “Empreendente”, título resultado da junção das palavras “empreendedor” e “competente”.

O objetivo é fortalecer os movimentos de jovens empresários já existentes no país e fomentar a criação de associações de Jovens Empresários em estados que ainda não possuem estas entidades, além de incentivar o empreendedorismo e a formação de novas lideranças.

Entre as atividades desenvolvidas pelos grupos municipais destacam-se os encontros com os empresários das regiões dispostos a trocar experiências de sucesso ou insucesso, os grupos de estudos e as reuniões periódicas – até como forma de networking.

Nos estados, os grupos promovem missões empresariais a estados e países de interesse da economia local, organizam eventos de capacitação, estabelecem parcerias com universidades e empresas, organizam visitas e encontram-se através da promoção de eventos estaduais.

Matéria produzida para o site Bradesco Universitários em 26/03/2007.

 
Imprima
 
 
leia na mesma seção
Como vive quem depende das bolsas de pesquisa?
Especialização em agroecologia ganha espaço
Moda de viola e acordeom nas universidades
Visão sociológica das questões ambientais
Cresce procura por pós-graduação em filosofia
Latim na ponta da língua
Ciências da religião ganham espaço no Brasil
Ex-líder estudantil se especializa em direito educacional
 
Tags relacionadas
carreira; universidade; empreendedorismo

 
© Hipermeios 2006-2017. Todos os direitos reservados.
Rua Garcia Lorca, 147 | São Paulo SP | 05519-000 / tel +55 11 3285 2577

  RSS 2.0 | Mapa do site | Espaço privado | Créditos