Notícias
Últimas
Da Hipermeios
Arte e Cultura
Entrevistas
Mundo profissional
Saúde e bem-estar
Universidade
Vida sustentável
Colunas
 
Destaques
Festivais: arte pulsante por todo o Brasil
O Brasil é hoje um caldeirão pulsante de arte e cultura, com um número crescente de festivais se espalhando pelo interior. Longe do circuito tradicional das grandes capitais, acostumadas a receber megaeventos, cidades do interior têm abrigado iniciativas de pequeno e médio porte, viabilizadas por redes de apoio e pessoas interessadas em produzir e incentivar a cultura. [+]
 
Pedro Markun: 'A política não precisa ser uma coisa que a gente detesta'
Ele é um dos idealizadores do movimento Transparência Hacker, que reúne jovens de várias profissões com a proposta de juntar comunicação e tecnologia em favor dos interesses da sociedade. Por exemplo, ajudando a tornar mais transparentes as informações sobre as ações de governantes e parlamentares. [+]
 
 
Busca

 
Tags
alimentação artes plásticas autoconhecimento carreira cinema consumo consciente cultura economia da cultura educação empreendedorismo estágio estresse história internet literatura meio ambiente música poesia pós-graduação psicologia

 
 
quinta-feira, 21 de setembro de 2017 Quem somos
Serviços
Portfólio
Clientes
Contato
Página Inicial > Notícias > Vida sustentável
 
Você e a Política de Resíduos Sólidos
 
Em vigor desde 2010, a Política Nacional de Resíduos Sólidos instituiu a responsabilidade compartilhada sobre o descarte de produtos já sem uso. E o consumidor tem parte nisso.
 
01 de dezembro de 2012
por redação
 

Você pode estar se perguntando: O que tenho a ver com uma lei que definiu uma política nacional sobre o que fazer com objetos velhos e que tem a meta de pôr fim aos lixões até 2014? Não seria assunto apenas para governo, instituições e empresas?

A resposta é não, os consumidores também são agentes nesse processo. Aliás, é deles uma boa parte da responsabilidade pelo sucesso ou fracasso das iniciativas de reaproveitamento ou reciclagem dos resíduos sólidos, objeto principal da nova norma legal.

Desde que ficou evidente que o chamado lixo seco - objetos, papéis, plásticos, metais, eletroeletrônicos e tudo o mais que não é lixo orgânico - causa sérios problemas ao meio ambiente e à saúde das pessoas, discutem-se formas de minimizar esses danos.

No Brasil, foram mais de 20 anos de discussões até que a Lei nº 12.305, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), entrasse em vigor, em 2010.

Ela reúne princípios, objetivos, instrumentos e diretrizes para a gestão dos resíduos sólidos e dá parâmetros para a criação de programas de coleta seletiva, de incentivo a cooperativas de catadores, entre outras medidas, nos Estados e municípios.

Um dos seus pontos mais importantes é a instituição da responsabilidade compartilhada sobre a destinação desse tipo de resíduo, seja ele doméstico, industrial, da construção civil, eletroeletrônico, agrícola, da área de saúde, lâmpadas à base de mercúrio etc.

Isso significa que todos são responsáveis pelo descarte correto desses materiais: fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes, consumidores e titulares dos serviços públicos de limpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos.

Logística reversa

A responsabilidade do consumidor - ou seja, a sua - fica clara quando se fala em logística reversa, que é o nome dado ao conjunto de ações para facilitar o retorno dos resíduos aos seus geradores, com o objetivo de serem tratados ou reaproveitados em novos produtos.

Quem fabrica o bem precisa contar com a ajuda de quem o comprou e consumiu no esforço para dar destino correto ao que sobrou dele. No caso do lixo eletrônico, por exemplo, fabricantes de celulares e itens de informática estão criando políticas para a devolução dos produtos quando estes atingem o fim da vida útil. (Ver mais em “Qual o lugar certo do lixo eletrônico?”).

 

 
Imprima
 
 
leia na mesma seção
Qual o lugar certo do lixo eletrônico?
Lixo: como fazer a nossa parte
Mobilidade urbana é qualidade de vida
Você trabalha em uma empresa sustentável?
USP faz reciclagem de computadores velhos
Escassez de água: drama do século 21
Arranjos produtivos são nova forma de gerar riqueza
Consumo consciente pode salvar o planeta
Simplificar a vida para ser mais feliz
Fipe conta as crianças de rua de São Paulo
Aquecimento global se combate com mudanças de hábito
 
Tags relacionadas
sustentabilidade: meio ambiente; lixo

 
© Hipermeios 2006-2017. Todos os direitos reservados.
Rua Garcia Lorca, 147 | São Paulo SP | 05519-000 / tel +55 11 3285 2577

  RSS 2.0 | Mapa do site | Espaço privado | Créditos