Notícias
Últimas
Da Hipermeios
Arte e Cultura
Entrevistas
Mundo profissional
Saúde e bem-estar
Universidade
Vida sustentável
Colunas
 
Destaques
Festivais: arte pulsante por todo o Brasil
O Brasil é hoje um caldeirão pulsante de arte e cultura, com um número crescente de festivais se espalhando pelo interior. Longe do circuito tradicional das grandes capitais, acostumadas a receber megaeventos, cidades do interior têm abrigado iniciativas de pequeno e médio porte, viabilizadas por redes de apoio e pessoas interessadas em produzir e incentivar a cultura. [+]
 
Pedro Markun: 'A política não precisa ser uma coisa que a gente detesta'
Ele é um dos idealizadores do movimento Transparência Hacker, que reúne jovens de várias profissões com a proposta de juntar comunicação e tecnologia em favor dos interesses da sociedade. Por exemplo, ajudando a tornar mais transparentes as informações sobre as ações de governantes e parlamentares. [+]
 
 
Busca

 
Tags
alimentação artes plásticas autoconhecimento carreira cinema consumo consciente cultura economia da cultura educação empreendedorismo estágio estresse história internet literatura meio ambiente música poesia pós-graduação psicologia

 
 
terça-feira, 23 de maio de 2017 Quem somos
Serviços
Portfólio
Clientes
Contato
Página Inicial > Notícias > Saúde e bem-estar
 
Amadurecer exige esforço e autoconhecimento
 
Tornar-se adulto é perceber que criamos as nossas vidas a partir do que escolhemos para nós, deixando de culpar os outros e o mundo pelo que sai errado. É também se desfazer de ilusões e ver que é possível ser feliz agora.
 
17 de junho de 2007
por Cristiane Moraes
 

Ser dono da própria vida, tomar decisões, solucionar problemas sozinho. Enfim, crescer. Essas são algumas questões que todo jovem começa a enfrentar, mais cedo ou mais tarde, e que estão relacionadas ao amadurecimento.

"Maturidade, no meu entender, tem a ver com parar de viver a partir de nossas crenças distorcidas, de nossas ilusões, do passado, e começar a lidar com a realidade, com aquilo que é", diz a psicóloga e escritora Patricia Gebrim.

A psicóloga publicou três livros: "Palavra de Criança", que fala sobre o relacionamento com a nossa criança interior, "Falando de amor", sobre relacionamentos e "Gente que mora dentro da gente", que aborda as várias vozes, os vários Eus existentes dentro de nós e como fazer para conhecê-los.

Mas, de acordo com a psicóloga, amadurecer não diz respeito apenas a quem está ingressando na vida adulta. É um caminho que está em nós mesmos e deve ser descoberto e estimulado desde a infância.

É preciso permitir, por exemplo, que as crianças errem e possam conviver com as conseqüências do erro. A superproteção pode dificultar muito esse processo de crescimento.

"Desde pequenas, precisamos tratar as crianças com dignidade. Precisamos exercitar a nossa maturidade, para que as crianças possam nos ter como um modelo. Ajudar uma criança a amadurecer tem a ver com ir ensinando-a a perceber a cadeia de causa e efeito", conta.

Uma pessoa madura é aquela que reconhece os seus erros, sem buscar um culpado externo para eles.

"Muitas vezes, para se defender, os jovens responsabilizam o mundo por aquilo que acontece com eles. Tornar-se adulto tem a ver com perceber que criamos as nossas vidas a partir do que escolhemos para nós. Quanto mais nos conhecemos, mais chances nós teremos de fazer escolhas que nos tragam felicidade", diz.

Caminhos do autoconhecimento

Os caminhos para o autoconhecimento são diversos: meditação, ioga, psicoterapia, contato com a natureza, desenvolvimento espiritual. Cada pessoa deve descobrir uma forma de encontrá-lo de acordo com suas crenças e valores.

"Olhar para dentro requer quietude, silêncio, atenção e auto-observação", ensina a psicóloga Patricia Gebrim.

O fato é que através do autoconhecimento podemos alcançar a maturidade e a felicidade, acredita Patrícia. Para ser feliz é necessário aceitar quem somos hoje. Aceitar nossos defeitos e reconhecer as nossas qualidades.

"Abrir mão das ilusões de um mundo perfeito e aprender a amar aquilo que está ao nosso redor hoje. Se uma pessoa está infeliz e se coloca como vítima do mundo, nunca poderá mudar isso", explica a psicóloga.

E acrescenta: "Mas quando (essa pessoa) aceita que deve existir algo nela que esteja causando essa infelicidade, ela abre espaço para ampliar sua consciência. Quanto mais consciente, maiores são as suas alternativas de escolhas. Não é fácil fazer isso. A felicidade tem mais a ver com gratidão do que com conquistas".

Sair do estado de ilusão

Enfim, amadurecer é buscar esse estado de felicidade. De acordo com a psicóloga Patrícia, é possível curar feridas do passado por meio do autoconhecimento.

"Desfazer crenças disfuncionais, sair de um estado de ilusões e passar a viver a verdade do momento, a realidade, o agora", diz, para concluir: "O único momento em que podemos ser de fato felizes é agora. A felicidade não está no passado, não está no futuro!"

Patrícia desenvolve seu trabalho clínico há 11 anos, atendendo adolescentes e adultos. Ela valoriza o vínculo entre paciente e terapeuta. "Procuro criar um espaço terapêutico que permita a verdade, o respeito, a compaixão", diz.

Matéria produzida para o site Bradesco Universitários em 20/04/2007.

 
Imprima
 
1 comentário(s)
 


Comentário de adriana alenca, 28/07/2012
 
leia na mesma seção
Saiba se você é um ''Facebookólatra''
Um pouco de ansiedade pode ajudar
Gengibre: saboroso e medicinal
Para emagrecer é preciso 'ter cabeça'
Não é preciso comer muito para comer em excesso
A boa memória depende de saber esquecer
A importância de ler rótulos dos alimentos
Organize seu tempo e seja feliz
Neuróbica, a ginástica para o cérebro
Alimentação saudável é seguro contra estresse
Alongamento ajuda a diminuir as tensões do dia-a-dia
Excesso de exercícios prejudica a saúde
Hábitos alimentares podem influenciar nos estudos
Física quântica e os livros de autoajuda
 
Tags relacionadas
autoconhecimento; psicologia

 
© Hipermeios 2006-2017. Todos os direitos reservados.
Rua Garcia Lorca, 147 | São Paulo SP | 05519-000 / tel +55 11 3285 2577

  RSS 2.0 | Mapa do site | Espaço privado | Créditos