Notícias
Últimas
Da Hipermeios
Arte e Cultura
Entrevistas
Mundo profissional
Saúde e bem-estar
Universidade
Vida sustentável
Colunas
 
Destaques
Festivais: arte pulsante por todo o Brasil
O Brasil é hoje um caldeirão pulsante de arte e cultura, com um número crescente de festivais se espalhando pelo interior. Longe do circuito tradicional das grandes capitais, acostumadas a receber megaeventos, cidades do interior têm abrigado iniciativas de pequeno e médio porte, viabilizadas por redes de apoio e pessoas interessadas em produzir e incentivar a cultura. [+]
 
Pedro Markun: 'A política não precisa ser uma coisa que a gente detesta'
Ele é um dos idealizadores do movimento Transparência Hacker, que reúne jovens de várias profissões com a proposta de juntar comunicação e tecnologia em favor dos interesses da sociedade. Por exemplo, ajudando a tornar mais transparentes as informações sobre as ações de governantes e parlamentares. [+]
 
 
Busca

 
Tags
alimentação artes plásticas autoconhecimento carreira cinema consumo consciente cultura economia da cultura educação empreendedorismo estágio estresse história internet literatura meio ambiente música poesia pós-graduação psicologia

 
 
quinta-feira, 21 de setembro de 2017 Quem somos
Serviços
Portfólio
Clientes
Contato
Página Inicial > Notícias > Mundo profissional
 
Na dinâmica de grupo, o importante é ser você mesmo
 
A primeira e mais importante etapa de um processo seletivo de estágio é a dinâmica de grupo, conduzida por profissionais de recursos humanos. Conheça as dicas de uma especialista sobre como enfrentar esta experiência.
 
17 de junho de 2007
por Cristiane Moraes
 

Algumas empresas optam por recrutadores terceirizados, outras possuem sua própria estrutura para contratação de estagiário. Mas, se você se inscrever para uma vaga não terá como fugir da tradicional dinâmica de grupo. Ela é uma grande ferramenta utilizada pelos selecionadores para identificar o perfil do candidato.

E de que forma esse perfil é detectado? Como o estudante deve se comportar nessa etapa do trabalho de seleção? A psicóloga e coordenadora do Programa de Coaching para Iniciantes da Crescimentum Consultoria, Rosana Rodrigues, diz que, antes de qualquer coisa, o estudante tem de ter certeza do que pretende e se a empresa é adequada aos seus objetivos.

Ou seja, não se trata de encaixar o próprio perfil no formato que a empresa quer, mas, ao contrário, saber se o perfil da empresa é o daquela em que se deseja trabalhar.

Além disso, segundo a consultora, "o mais importante na dinâmica é você ser você mesmo e saber exatamente o que quer fazer. De nada adianta você se mostrar uma pessoa que não é".

Etapa mais importante
A dinâmica de grupo, segundo Rosana, é a etapa mais importante para o selecionador encontrar as pessoas que estejam mais de acordo com o perfil da vaga e também com o segmento da empresa. Antes de entrar em um processo seletivo, de acordo com a consultora, o estudante deve colher informações sobre a vaga e a empresa.

A consultora explica que realmente a dinâmica funciona como a primeira peneira do processo seletivo. Então, se você estiver dentro do perfil e a empresa for adequada aos seus objetivos de carreira, será necessário que o selecionador perceba isso.

"Na dinâmica você precisa se expor ao grupo, mostrar seu comportamento, falar a verdade", salienta. "O selecionador só poderá perceber algo em você se tiver informação necessária e isso tudo será feito durante a dinâmica de grupo".

Integração e brincadeiras
De acordo com Rosana, a dinâmica de grupo também pode ser mais que uma triagem e ser aplicada de muitas maneiras diferentes. Ela conta que gosta de fazer uma integração com o grupo e depois aplicar algum tipo de brincadeira ou proposta que revele o tipo de comportamento dos candidatos em determinadas situações.

"Existem inúmeras alternativas, mas todas têm o mesmo objetivo: encontrar dados que identifiquem o perfil do candidato", diz.

Ela explica que, depois deste processo, o recrutador poderá ainda aplicar testes de qualificação ou até uma avaliação de perfil para confirmar suas percepções.

"Quando os candidatos estão muito alinhados e de acordo com o perfil, as chances de passarem para etapa da entrevista são quase 100%", diz.

E acrescenta: "O que o selecionador irá se perguntar é se a pessoa que está contratando será boa para a empresa e também se a empresa será boa para o contratado, pois o papel dele é fazer um casamento duradouro".

Aprender com a experiência
O mais importante de todo o processo, volta a enfatizar a consultora, é o estagiário saber onde e com o quê quer trabalhar. Essa noção, segundo Rosana, irá se refletir na performance durante a dinâmica.

"Você se sentirá mais seguro para ser você mesmo e mostrar suas habilidades e competências. A grande maioria das pessoas trava numa dinâmica justamente porque não sabe o quer", diz.

Mesmo que em alguns processos o nome da empresa não seja divulgado, os candidatos podem questionar o selecionador e procurar saber mais sobre a função e filosofia da empresa. "Se você perguntar tudo antes do processo o recrutador não achará ruim, na verdade perceberá que você tem interesse", destaca.

Se não for selecionado para a entrevista, o estudante, de acordo com Rosana, não deve desanimar. Ao contrário, deve encarar a experiência como uma oportunidade de aprender mais sobre si mesmo.

"Quando o processo seletivo é sério, pode ser muito interessante até mesmo como aprendizado. Se você achava que tinha o perfil certo, analise o que aconteceu para você não ter sido selecionado. Talvez você tenha travado por nervosismo. Perceba nos outros quais foram as atitudes e características que os levaram a ser selecionados. Isso será fundamental para os próximos processos", ensina.

Matéria produzida para o site Bradesco Universitários em 8/04/2005.

 
Imprima
 
 
leia na mesma seção
Trabalho a distância cresce no País e ganha lei
O perfil do líder no século 21
Trabalho e felicidade
O profissional precisa encontrar a sua marca
Faltam homens do tempo
'Geração Y' impõe desafios às empresas
Generalistas ou especialistas?
O desafio do negócio próprio
O mercado precisa de profissionais verdes
O poder do bom humor
Para que serve o ''feedback''?
Seja dono do seu futuro profissional
Trabalho, emprego e novos nichos
Cresce o número de jovens donos de franquias
Dicas para trilhar uma carreira de sucesso
Geração empreendedora 2.0
Ninguém faz sucesso sozinho
O idioma estrangeiro na entrevista
O que o jovem quer da vida?
Profissional do século 21 manda na própria carreira
A única coisa certa é que é preciso mudar
É possível negociar direitos sendo PJ?
Eu, Pessoa Jurídica
Como enfrentar a angústia por não conseguir estágio
Descobrir o próprio talento é condição para o sucesso
Em um mundo sem emprego, aprenda a procurar trabalho
Quando surge a dúvida no meio do curso
Criatividade é cada vez mais valorizada
Autoestima é essencial para o sucesso profissional
 
Tags relacionadas
carreira; estágio

 
© Hipermeios 2006-2017. Todos os direitos reservados.
Rua Garcia Lorca, 147 | São Paulo SP | 05519-000 / tel +55 11 3285 2577

  RSS 2.0 | Mapa do site | Espaço privado | Créditos