Notícias
Últimas
Da Hipermeios
Arte e Cultura
Entrevistas
Mundo profissional
Saúde e bem-estar
Universidade
Vida sustentável
Colunas
 
Destaques
Festivais: arte pulsante por todo o Brasil
O Brasil é hoje um caldeirão pulsante de arte e cultura, com um número crescente de festivais se espalhando pelo interior. Longe do circuito tradicional das grandes capitais, acostumadas a receber megaeventos, cidades do interior têm abrigado iniciativas de pequeno e médio porte, viabilizadas por redes de apoio e pessoas interessadas em produzir e incentivar a cultura. [+]
 
Pedro Markun: 'A política não precisa ser uma coisa que a gente detesta'
Ele é um dos idealizadores do movimento Transparência Hacker, que reúne jovens de várias profissões com a proposta de juntar comunicação e tecnologia em favor dos interesses da sociedade. Por exemplo, ajudando a tornar mais transparentes as informações sobre as ações de governantes e parlamentares. [+]
 
 
Busca

 
Tags
alimentação artes plásticas autoconhecimento carreira cinema consumo consciente cultura economia da cultura educação empreendedorismo estágio estresse história internet literatura meio ambiente música poesia pós-graduação psicologia

 
 
quinta-feira, 21 de setembro de 2017 Quem somos
Serviços
Portfólio
Clientes
Contato
Página Inicial > Notícias > Mundo profissional
 
Autoestima é essencial para o sucesso profissional
 
Ela é responsável pela nossa criatividade e capacidade de expor ideias e de resolver problemas. Sem ela não é possível manter a produtividade no trabalho, afirma psicóloga.
 
31 de agosto de 2006
por Cristiane Moraes
 

Experiência e boa formação não garantem, por si só, o sucesso profissional. Ter auto-estima é tão importante quanto acumular conhecimentos e desenvolver habilidades técnicas, afirma a psicóloga Ana Paula Dias, consultora do Grupo Catho. Sem autoestima, até mesmo o mais competente profissional pode fracassar ou perder oportunidades.

“Nas pesquisas realizadas, a experiência é a característica mais valorizada pelos selecionadores e em segundo lugar vem a formação. Mas eu não diria que a autoestima venha em terceiro lugar. Ela vem em paralelo com as outras”, salienta Ana Paula.

De acordo com a psicóloga, sem autoestima dificilmente o profissional terá uma boa experiência. Mesmo que tenha uma excelente formação, irá esbarrar nesse quesito e dificilmente conseguirá se desenvolver profissionalmente, explica a especialista. Quanto mais alto for o cargo, mais importância ganha o fato de ter ou não autoestima, pois o profissional deixa de atuar operacionalmente para atuar mais no campo das idéias.

“Ele deve pensar estrategicamente e expor as suas ideias, e para isso precisa acreditar nas mesmas”, diz Ana Paula. É neste momento que a autoestima ou a autoconfiança são mais importantes para o profissional se lançar no mercado competitivo, explica a psicóloga.

Segredo está na paixão pelo trabalho

Atualmente, as mudanças no mercado de trabalho são cada vez mais constantes. O profissional precisa estar preparado para enfrentar eventos inesperados diariamente. “Nem sempre é possível ganhar. No entanto, devemos aprender com o erro. Alguns profissionais não conseguem lidar com falhas, não conseguem ver nas mesmas possibilidades de crescimento e se deixam abater na primeira turbulência”, aponta Ana Paula.

A especialista explica que mesmo alguém bem preparado pode falhar por causa da baixa autoestima. Segundo ela, a motivação é algo que está relacionado a razões internas, por isso, para sentir-se motivado, é importante ter uma razão, um significado para o trabalho que é desenvolvido. E por isso é tão importante fazer algo pelo qual se tenha paixão.

“Não existe fórmula para aumentar a autoestima. Este é um sentimento que está relacionado com diversos conteúdos internos do ser humano”, diz. A autoestima começa a se formar bem antes de a pessoa assumir um compromisso profissional, já na infância, explica.

Ter ou não auto-estima dependerá das situações que o indivíduo viveu e como lidou com elas. Uma forma de desenvolver a autoestima, segundo a psicóloga, é procurar aceitar novos desafios e enfrentar o medo de expor as idéias. “Somente ao enfrentar as dificuldades o profissional começará a ganhar confiança em si e desta forma poderá desenvolver sua auto-estima”, garante a psicóloga.

Excesso de autoestima também é problema

Assim como a baixa autoestima pode ser prejudicial à carreira a superestima também pode dificultar o sucesso profissional. “É importante ter cuidado, para não passar uma impressão de autoidolatria, que será vista como arrogância e que poderá gerar problemas de relacionamento; isto é muito ruim para a carreira do profissional e para o trabalho com equipes”, alerta Ana Paula.

É neste momento que o profissional deve utilizar a inteligência emocional. A especialista explica que fazer uso dela será importante para um bom relacionamento intrapessoal. “É necessário formar um modelo verdadeiro e preciso de si mesmo e usá-lo de forma efetiva e construtiva”, esclarece.

A psicóloga diz que “não existe receita de bolo” para dosar a medida certa de auto-estima, mas que o profissional deve estar atento para reconhecer as características positivas que possui e também respeitar as características interessantes das outras pessoas.

“É importante respeitar a opinião dos demais profissionais e entender que apesar de ser alguém com muito potencial, é também alguém com muito a aprender, pois, por mais que tenhamos conhecimento, sempre teremos algo mais para conhecer”, completa.

Matéria produzida para o site Bradesco Universitários em março de 2005.

 
Imprima
 
 
leia na mesma seção
Trabalho a distância cresce no País e ganha lei
O perfil do líder no século 21
Trabalho e felicidade
O profissional precisa encontrar a sua marca
Faltam homens do tempo
'Geração Y' impõe desafios às empresas
Generalistas ou especialistas?
O desafio do negócio próprio
O mercado precisa de profissionais verdes
O poder do bom humor
Para que serve o ''feedback''?
Seja dono do seu futuro profissional
Trabalho, emprego e novos nichos
Cresce o número de jovens donos de franquias
Dicas para trilhar uma carreira de sucesso
Geração empreendedora 2.0
Ninguém faz sucesso sozinho
O idioma estrangeiro na entrevista
O que o jovem quer da vida?
Profissional do século 21 manda na própria carreira
A única coisa certa é que é preciso mudar
É possível negociar direitos sendo PJ?
Eu, Pessoa Jurídica
Como enfrentar a angústia por não conseguir estágio
Descobrir o próprio talento é condição para o sucesso
Em um mundo sem emprego, aprenda a procurar trabalho
Na dinâmica de grupo, o importante é ser você mesmo
Quando surge a dúvida no meio do curso
Criatividade é cada vez mais valorizada
 
Tags relacionadas
carreira; trabalho; autoconhecimento; psicologia

 
© Hipermeios 2006-2017. Todos os direitos reservados.
Rua Garcia Lorca, 147 | São Paulo SP | 05519-000 / tel +55 11 3285 2577

  RSS 2.0 | Mapa do site | Espaço privado | Créditos