Notícias
Últimas
Da Hipermeios
Arte e Cultura
Entrevistas
Mundo profissional
Saúde e bem-estar
Universidade
Vida sustentável
Colunas
 
Destaques
Festivais: arte pulsante por todo o Brasil
O Brasil é hoje um caldeirão pulsante de arte e cultura, com um número crescente de festivais se espalhando pelo interior. Longe do circuito tradicional das grandes capitais, acostumadas a receber megaeventos, cidades do interior têm abrigado iniciativas de pequeno e médio porte, viabilizadas por redes de apoio e pessoas interessadas em produzir e incentivar a cultura. [+]
 
Pedro Markun: 'A política não precisa ser uma coisa que a gente detesta'
Ele é um dos idealizadores do movimento Transparência Hacker, que reúne jovens de várias profissões com a proposta de juntar comunicação e tecnologia em favor dos interesses da sociedade. Por exemplo, ajudando a tornar mais transparentes as informações sobre as ações de governantes e parlamentares. [+]
 
 
Busca

 
Tags
alimentação artes plásticas autoconhecimento carreira cinema consumo consciente cultura economia da cultura educação empreendedorismo estágio estresse história internet literatura meio ambiente música poesia pós-graduação psicologia

 
 
sexta-feira, 26 de maio de 2017 Quem somos
Serviços
Portfólio
Clientes
Contato
Página Inicial > Notícias > Mundo profissional
 
Trabalho e felicidade
 
A chamada geração Y parece ter a chave de como equilibrar vida profissional e pessoal e, com isso, conquista com mais facilidade a satisfação no emprego.
 
21 de setembro de 2011
por Maria Clara Pitol
 

Uma das discussões mais atuais no campo profissional é a relação estabelecida entre o profissional e seu emprego. Isto é, entender qual a dimensão que o trabalho ocupa em sua vida e se é possível ter uma relação saudável e prazerosa com ele.

A falta de prazer no trabalho pode até ser tolerada no início da carreira, mas, em algum momento da vida - em geral próximo à meia-idade - é capaz de desencadear muitos problemas, até doenças. Por isso, nunca é cedo demais para fazer uma reflexão sobre a relação que temos com o que fazemos para ganhar a vida, e quais são os valores que nos movem para seguir em frente.

Esse tipo de reflexão, segundo o diretor de operações da consultoria de RH Human Brasil Fernando Montero da Costa, parece ser uma tarefa mais fácil para os integrantes da chamada geração Y, formada por jovens que hoje têm entre 18 e 35 anos.

Segundo o especialista, essa geração dá muito valor à vida pessoal, aos momentos de lazer e de prazer.

"Essa geração está fazendo uma reformulação de valores. Ao analisarem a vida profissional dos pais, se perguntam: Para que seguir o modelo anterior se ele falhou?"

A falha, segundo Costa, é a valorização que a geração anterior, a X, sempre fez de uma carreira ascendente e numa mesma empresa, à qual se dedicava totalmente, muitas vezes sacrificando horas livres e de convívio com a família.  O resultado, com frequência era "desestrutura familiar, insatisfação e problemas de saúde".

"Por isso, a mentalidade do momento é ter realização profissional aliada à satisfação pessoal", diz o consultor.

Ele destaca o sucesso deste novo posicionamento: "A geração Y, certamente, é muito mais feliz".

Vida pessoal em alta

O segredo desta relação saudável e prazerosa com o trabalho pode estar no equilíbrio com a vida pessoal - muito mais presente na postura dos novos profissionais.

Os jovens valorizam suas habilidades e competências, permitindo-se estar onde julgam melhor para seu desenvolvimento profissional e para sua realização pessoal. Ou seja, não hesitam em trocar de emprego, diferentemente da geração anterior, que valorizava a estabilidade.

Além deste desprendimento e da visão de que conhecer e vivenciar diferentes realidades corporativas é algo muito bom e enriquecedor para suas carreiras, os jovens, segundo o consultor de RH, buscam "ser e ter status profissionais", ou seja, eles vivenciam intensamente a oportunidade profissional do momento.

"Estes jovens profissionais se beneficiam da prática profissional no próprio campo profissional e também na vida pessoal. Eles conseguem, sem sacrificar seu lado pessoal, manter-se conectados com o trabalho e com o que está fora dele".

Assim, segundo Costa, eles também fazem o contrário, ou seja, sabem aproveitar momentos da vida pessoal para conquistas profissionais. "Numa partida de tênis, por exemplo, eles usufruem do lazer do esporte, mas aliam a esta situação a oportunidade de fazer contatos ou negócios, e isto os realiza".

Flexibilidade

Diante deste novo cenário, as empresas também precisam se adequar à realidade deste novo profissional, buscando lhe proporcionar um ambiente agradável de trabalho, uma rotina mais flexível e a possibilidade de satisfação pessoal e profissional.

"A busca pela felicidade não se concentra apenas no profissional", lembra o diretor de operações da consultoria de RH Human Brasil. Por isso, de acordo com Costa, um desafio atual dos departamentos de recursos humanos das empresas é aprender a "conectar o ambiente corporativo com o mundo lá fora".

Matéria produzida para o site Bradesco Universitarios em 03/11/2010

 
Imprima
 
 
leia na mesma seção
Trabalho a distância cresce no País e ganha lei
O perfil do líder no século 21
O profissional precisa encontrar a sua marca
Faltam homens do tempo
'Geração Y' impõe desafios às empresas
Generalistas ou especialistas?
O desafio do negócio próprio
O mercado precisa de profissionais verdes
O poder do bom humor
Para que serve o ''feedback''?
Seja dono do seu futuro profissional
Trabalho, emprego e novos nichos
Cresce o número de jovens donos de franquias
Dicas para trilhar uma carreira de sucesso
Geração empreendedora 2.0
Ninguém faz sucesso sozinho
O idioma estrangeiro na entrevista
O que o jovem quer da vida?
Profissional do século 21 manda na própria carreira
A única coisa certa é que é preciso mudar
É possível negociar direitos sendo PJ?
Eu, Pessoa Jurídica
Como enfrentar a angústia por não conseguir estágio
Descobrir o próprio talento é condição para o sucesso
Em um mundo sem emprego, aprenda a procurar trabalho
Na dinâmica de grupo, o importante é ser você mesmo
Quando surge a dúvida no meio do curso
Criatividade é cada vez mais valorizada
Autoestima é essencial para o sucesso profissional
 
Tags relacionadas
carreira; autoconhecimento; estresse

 
© Hipermeios 2006-2017. Todos os direitos reservados.
Rua Garcia Lorca, 147 | São Paulo SP | 05519-000 / tel +55 11 3285 2577

  RSS 2.0 | Mapa do site | Espaço privado | Créditos